O futuro dos mercados negros

Um interessante post por MLP_is_my_OPSEC no Reddit, que ele me enviou, e eu pensei que poderia ser uma boa idéia compartilhá-lo para fazer as pessoas pensarem, acrescentei algumas notas na parte inferior. O post original do Reddit e da discussão pode ser encontrada aqui: Então, como eu já declarei anteriormente em outros lugares, é minha…

O Anarquismo individualista

Este texto é parte de uma pesquisa sobre o movimento anarquista feita por Flávio Luizetto e faz parte de uma série de artigos que será publica em omutualista.org, para ler os demais textos clique aqui. De acordo com os militantes identificados com a escola individualista do anarquismo, a organização da futura sociedade libertária deveria obedecer…

A Sociedade futura segundo os anarquistas

Este texto é parte de uma pesquisa sobre o movimento anarquista feita por Flávio Luizetto e faz parte de uma série de artigos que será publica em omutualista.org, para ler os demais textos clique aqui. Entre os assuntos que merecem a atenção dos militantes e simpatizantes adeptos de todas as “escolas” representativas do pensamento e…

Introdução a ideia de programa anarquista!

Este texto é parte de uma pesquisa sobre o movimento anarquista feita por Flávio Luizetto e faz parte de uma série de artigos que será publica em omutualista.org, para ler os demais textos clique aqui. Era próprio do pensamento anarquista moderno (século XIX e início do século XX) opor alguma resistência á ideia da elaboração…

Presença feminina nos jornais brasileiros do século XIX

Durante o século XIX, as mulheres passaram a fundar jornais e a divulgar suas obras e reivindicações por meio da imprensa. Muitos foram os jornais do século XIX dirigidos por mulheres e voltados para as questões do feminino. Para uma melhor compreensão desse panorama jornalístico, acompanhe o retrospecto de jornais femininos a seguir. 1839 –…

Contra o “comunismo”

Por Pierre Joseph Proudhon Proudhon declara-se aqui, retrospectivamente, contra todo tipo de socialismo estatal e “comunista” que Louis Blanc pregou durante a Revolução de 1848, na chamada comissão de Luxemburgo*. A soberania coletiva O sistema de Luxemburgo, no fundo o mesmo que os de Cabet, de R. Orwen, dos Moraves, de Capanella, de Morus, de platão**,…

Capitalismo não, Mercados

“Mercados subordinados ao governo e ao capitalismo são impregnados pela pobreza permanente, destruição ecológica, grandes desigualdades econômicas e concentração de riqueza e poder nas mãos de políticos, corporações e latifundiários.” – Gary Chartier Ative as legendas no vídeo se necessário.

Mutualismo: 7 razões para o otimismo

Por Victor L. O mutualismo ainda é bastante minoritário, porém há motivos para pensar que isso pode deixar de ser assim antes do que venhamos a pensar. O predomínio da ideologia dominante tem rachaduras grandes e podemos tirar vantagens se soubermos bem quais são nossos pontos fortes. Aqui vão 7 motivos para ser otimista: O…